Reformas domiciliares são destaques na construção e chamam atenção na Feira Construsul

Reformas domiciliares são destaques na construção e chamam atenção na Feira Construsul

18ª Construsul – Feira Internacional da Construção ocorre até este sábado (08/08), na Fenac, em Novo Hamburgo, RS

As reformas domiciliares são apostas das empresas que trabalham no segmento da construção civil no Brasil. Mudar o piso ou a parede deixam o ambiente renovado e transformam o humor dos moradores. Pensando nisto, diversos expositores mostram seus diferenciais na 18° Construsul – Feira Internacional da Construção. As novidades e inovações chamam atenção de quem circula pela Fenac, em Novo Hamburgo, RS, local em que a Construsul ocorre até sábado (08/08).

Um dos segmentos que sentiu menos os efeitos da retração na economia é o de pisos e revestimentos. Apesar de haver um volume menor de obras, o que é chamado de “consumidor formiguinha” ajuda a sustentar os bons negócios.

– Além dos clientes que estão construindo há uma demanda muito grande daqueles que estão reformando. São trocas de pisos nos banheiros, na sala e em cozinhas, por exemplo. Um produto bem acabado diferenciado dá outra cara para casa. Nós trouxemos para Feira Construsul lançamentos em alta definição, revestimentos e retificados que permitem assentar com facilidade e dar mais acabamento – afirmou o supervisor de vendas da Incefra, Edinilson Ferreira.

As novidades estão também nas instalações hidráulicas. Os consumidores buscam produtos que são genuinamente brasileiros, com custos menores e que proporcionam economia.

– Temos alguns produtos como torneiras automatizadas com fechamento entre 3 e 10 segundos. Além disso, caixas acopladas oferecem um acionamento diferenciado com maior ou menor quantidade. Também há os redutores de vazão que controlam a quantidade de água, podendo economizar até 60% do consumo – afirma o coordenador de marketing da Blukit, Rafael William Seifert.

Segundo a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), cada R$ 1 mil investidos em reforma fazem sua casa valorizar R$ 3 mil, em média. Para entidade, o ano de 2015 deverá ser de crescimento moderado. No mercado de obras, as reformas de imóveis residenciais usados é que vão segurar a onda desse crescimento.

– Mais de 65% dos financiamentos imobiliários são para esses imóveis, e o movimento de compra de usados gera uma grande procura por materiais de construção para pinturas e reformas – diz o presidente da associação, Cláudio Conz.

O diretor da Sul Eventos, empresa promotora da Construsul, Paulo Richter, destaca que muitos arquitetos e engenheiros procuram a feira com o intuito de buscar novos materiais e produtos.

– A visitação nesta sexta-feira foi acima da expectativa. Com relação à sexta-feira da feira do ano passado, percebemos um aumento de 7% de público. Porém, também percebemos que as visitas são muito profissionais, com engenheiros e arquitetos buscando novidades e até inspiração para construções e reformas – relata Paulo Richter.

A 18° Construsul – Feira Internacional da Construção ocorre até sábado (08/08), entre 14h e 21h, na Fenac, localizada na Avenida Nações Unidas, n° 3825, Novo Hamburgo, RS. O evento espera receber aproximadamente 70 mil visitantes e prospectar mais de R$ 600 mil em negócios. Simultaneamente acontece a 10ª ExpoMáquinas – Feira de Máquinas e Equipamentos para Construção, cujo mix de produtos estará incorporado à Feira Construsul, ofertando maior comodidade para expositores e visitantes.

By |07/08/2015|Comentários desativados em Reformas domiciliares são destaques na construção e chamam atenção na Feira Construsul
Translate »