Cores e formatos personalizados são tendência para construção e reforma

Cores e formatos personalizados são tendência para construção e reforma

Empresas apostam em produtos que se adaptam aos mais variados estilos dos clientes e apresentam suas novidades na 20ª Construsul – Feira Internacional da Construção

A exigência cada vez maior dos consumidores faz com que a indústria da construção invista cada vez mais no design. Não basta o produto ser econômico e resistente. A beleza é indispensável, seja no ambiente de residências ou em locais de trabalho. Na 20ª Construsul – Feira Internacional da Construção, que ocorre até este sábado (05/08), é possível conhecer as tendências em diversos segmentos. A Carmelo Fior apresenta cerâmicas que imitam a natureza, como pedras, madeiras e mármores.

– A tecnologia dos produtos impressos chegou ao ponto de as pessoas precisarem encostar nas cerâmicas para ver se é madeira ou se é um piso frio mesmo – relata a gerente de marketing, Madelaine Galli.

A Cejatel investe em pisos cerâmicos que podem ser assentados com espaços menores entre as peças, deixando a aparência mais natural. Já na Angelgres, o design busca transmitir harmonia, aliando modernidade e conforto em pisos impressos. As escolhas, cada vez mais personalizadas, também passam pelas portas e janelas das residências.

– A esquadria em PVC é um produto sofisticado. Alguns clientes preferem o branco, mais tradicional, mas muitos já estão optando por outras tonalidades, como preto, cinza e até cores amadeiradas – avalia o gerente comercial da Amplex, Elton Repenning.

Diferentes tonalidades de cores e uso de negativos é um dos diferenciais nos itens da Portasul. Segundo o sócio gerente Nei Valmor Baron, uma das atrações é o revestimento em PET que pode ser em tom amadeirado ou branco. Na empresa Sizenando, uma das novidades é a porta de HDF Ultra, material feito de resina de madeira, resistente, sem elasticidade e impermeável.

Um dos itens essenciais na decoração é, também, uma das decisões mais difíceis. A escolha da cor das paredes pode mudar a constituição de um ambiente.

– A escolha da tinta é bem técnica em vários momentos, mas a cor influencia, na maioria das vezes, a compra, por conta da influência no ambiente, da luminosidade, dos móveis e da decoração. A parede vai dar tons mais sombrios ou vivos. Fazemos uma pesquisa de cor e tendência internacional e adequamos para mercado brasileiro – explica a supervisora de marketing da Tintas Killing, Roberta Diehl.

Outra tendência é o uso do EPS para paredes e elementos decorativos.

– Entramos com uma tecnologia que substitui o tijolo convencional. São painéis com uma estrutura física e química muito bons. A parede vem pronta e sob medida, sem haver quebra e geração de resíduos – afirma o sócio diretor da Isomaf Produtos em EPS, Marcio Alves.

A IPF oferece molduras usando o EPS que, segundo o representante da empresa, Richard Daniel Puglia, traz benefícios que não são apenas decorativos, mas de forte proteção contra a umidade.

Novidade na Feira Construsul, a Flok Tecido Adesivo surpreende os visitantes pela beleza e praticidade dos produtos. Segundo o diretor da empresa, Fernando Souza, há mais de duzentas estampas disponíveis e que pode ser aplicado pelo próprio consumidor com a vantagem de ser totalmente impermeável.

A 20ª Construsul acontece até sábado (05/08), na Fenac, localizada na Rua Araxá, n° 505, em Novo Hamburgo (RS), das 11h às 18h no sábado.

Redação: Marcelo Matusiak e Mariana da Rosa | Coordenação: Marcelo Matusiak | Fotos: Guilherme Gargioni / Felipe Ribeiro
By |05/08/2017|Comentários desativados em Cores e formatos personalizados são tendência para construção e reforma